Pai!

O comércio inventou diversas datas comemorativas e a intenção não poderia ser menos capitalista, pois elas levam muitas pessoas a comprar presentes, não sendo diferente no Dia dos Pais. Porém, essas datas têm uma importância maior na sociedade e podem ser um momento para refletir sobre o papel e a importância do pai na formação da sociedade. Pai, um homem, um exemplo, uma referência, especialmente, para as crianças e jovens.

Atualmente, o significado da figura masculina está passando por mudanças, pois aos poucos estão sendo desconstruídos os alicerces da sociedade patriarcal. Com as mulheres no mercado de trabalho e maior autonomia, a figura do pai deixou de ser apenas em relação ao sustento da família, aquela figura do pai severo, de poucas e diretas palavras, em que todos deviam obediência e respeito. Essa imagem cada vez mais faz parte do passado.

O pai moderno dá banho, mamadeira e troca fralda do filho, leva o cachorro para passear, brinca com as crianças no parque, etc. O pai moderno está se esforçando para dividir com a esposa as tarefas do lar, pois não é mais somente sua a obrigação de sustentar a família, agora existe a renda familiar. Nesses novos tempos, cada dia mais percebemos os pais assumindo seu novo papel na família, mesmo que a família não seja mais o modelo patriarcal. Hoje temos diversas formações familiares, com casais separados, com que se casam novamente e formam outra família e por aí vai.

Porém, no meio disso tudo alguns pais modernos estão esquecendo da postura que devem ter perante os filhos:  de autoridade. Não mais aquela autoridade absoluta, mas sim uma autoridade conquistada por meio do diálogo, postura e maturidade. Por meio de bons exemplos e atitude.

Não podermos esquecer: pai é para toda a vida e somente conseguimos dar o verdadeiro valor ao nosso pai quando temos o primeiro filho, somente reconhecemos que nosso pai é insubstituível quando o perdemos. Portanto, vamos aproveitar esse Dia dos Pais para refletir se estamos fazendo o papel que nossos filhos esperam e mesmo que, às vezes, não gostem precisam de orientação e direcionamento que somente um pai é capaz de dar. E, para os que ainda tem pai, não podemos esquecer daquele abraço e o muito obrigado pela vida e dedicação que teve para conosco. Feliz Dia dos Pais!

Ademar Batista Pereira – educador e articulista do blog esominhaopiniao.com.br

Print Friendly, PDF & Email
This entry was posted in Artigos. Bookmark the permalink.

2 Responses to Pai!

  1. Marcio H C Salim says:

    Caro Ademar.
    Obrigado pelas palavras. Nos leva a refletir sobre a perda de hierarquia social que estamos inseridos. Pai e Filho, Professor e Aluno, Policia e Sociedade, STJ e Mensaleiros.
    Desejo a você e sua família um Feliz dia dos pais.
    Abraço.

    Marcio H C Salim

  2. Luiz H says:

    lindo.. sensivel.. parabens.
    Um abraço fraterno,

    Luiz H

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *